Cristina Esteche

Compromisso com o leitor

Início » 2023, o principal ano para quem deseja a reeleição

2023, o principal ano para quem deseja a reeleição

Urna (Foto: Arquivo/RSN)

Pusemos os pés e já estamos caminhando em 2023. Considerado o principal ano para quem deseja a reeleição nos municípios, o tempo é de resolver problemas, fazer e concluir obras. Um recorte aqui para o cenário estadual. Pelas bandas do Governo do Estado, embora o governador tenha sido reeleito, o tempo é de ajustes.

Há novas equipes, novos projetos, grandes aspirações. E como venho dizendo por aqui, o foco agora é cacifar Ratinho Junior para o cenário federal. Por acaso, já percebeu qual é o tema de uma série documental em pauta divulgada pela Agência Estadual de Notícias? Trata-se de o ‘Paraná, o Brasil que dá certo’ e que mostra  iniciativas da administração pública estadual que são referências para o país em várias áreas. Bom, em nível estadual vamos ter quatro anos nessa ‘vibe’.

Já em Guarapuava, que é onde estamos, a administração municipal, assim como outras, espera abrir o orçamento. Há um planejamento de obras previstos pelo prefeito Celso Góes (CD). No entanto, ele enfrenta problemas com duas delas: a reconstrução do viaduto na Avenida Aragão de Mattos Leão Filho, embargada judicialmente. Isso porque encontra-se em área da União e antes de tudo necessita de autorização federal. A obra já começou e teve que ser paralisada.

E tem ainda a Avenida Beira-Rio, também parada. Projetada para interligar a BR-277 ao bairro Industrial conectando-se também com o bairro Cidade dos Lagos, a obra envolve banhado e desapropriações. E olha que a Prefeitura conta com o Centro de Planejamento Urbano e Habitacional de Guarapuava (Cepluhg). Ligado à Secretaria de Planejamento, o local reúne profissionais da área técnica, para trabalho multissetorial. Assim sendo, concentra serviços que envolvem as engenharias civil e elétrica, cartografia, além de arquitetura, urbanismo e paisagismo. No espaço, são desenvolvidos projetos de planejamento e de viabilização de recursos. Portanto, capacidade é o que não falta. Mas é preciso correr, solucionar, concluir. Acho que é isso, né?

Outra grande obra prevista para este ano é a revitalização da Avenida Rubem Siqueira Ribas, acesso ao Jordão. Quem acompanha o Portal RSN sabe que dinheiro existe, segundo o prefeito. São recursos liberados pelo governador Ratinho Junior em 2022 e que somam mais de R$ 50 milhões. Bom resolvendo esses problemas, concluindo as obras e fazendo um pouco mais, a tendência é que tudo fique certo. Só resta encarar 2024 e uma campanha enfrentando quem vier.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Cristina Esteche

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo