Cristina Esteche

Compromisso com o leitor

Início » ACIG se agiliza e lança campanha pelo voto útil em Guarapuava

ACIG se agiliza e lança campanha pelo voto útil em Guarapuava

(Imagem: Acig)

Ufa! Desde essa quinta (15) circula um vídeo do presidente da Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig), Claudinei Pereira. No texto, o empresário prega o voto útil. Ele pede que o eleitor valorize os candidatos de Guarapuava. Ou seja, que é preciso votar em quem é da gente. De acordo com Claudinei, elegendo deputados locais o município terá mais recursos para a saúde, educação, entre outros setores da administração pública.

Grossura personificada

Roberto Requião (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)

Certo está o ditado popular que ‘pau que nasce torto, morre torto’. Digo isso para recuperar aqui as grosserias cometidas pelo ex-governador Roberto Requião contra jornalistas. E continuam ocorrendo mesmo ele sendo candidato. E o pior é que além de causar constrangimento a um colega de profissão, já que Requião é jornalista, ele demonstra uma truculência verbal ímpar.

A mais recente foi contra um profissional que fez uma pergunta sobre o pedágio. O candidato em vez de responder, desqualificou o jornalista e a universidade onde faz o curso. Mas os comunicadores de Guarapuava conhecem muito bem esses rompantes requianistas. Por aqui, não foi uma ou nem duas vezes que ele deu mostras da grosseria da qual é capaz.

Não foi desta vez

Bolsonaro em Prudentópolis (Foto: Josiel Araújo/Mesh)

Deu ruim mesmo e de nada adiantaram os esforços para que Bolsonaro desse um alô em Guarapuava. Depois que foi despejado um ‘balde de água fria’ na tentativa de fazer com  que a comitiva presidencial baixasse em solo guarapuavano, cogitou-se que ele [o presidente] viria para conhecer o Cancer Center. Também não deu certo. Bolsonaro foi mesmo a Guamiranga e Prudentópolis, aterrissando em Ponta Grossa.

Na cara dura

Maria Victória e Ricardo Barros (Foto: Divulgação)

Os deputados Ricardo Barros (federal) e Maria Victória (estadual) não gostaram da ‘sobremesa’ servida no jantar do governador Ratinho Junior. Isso porque, após o jantar foi dada a palavra aos candidatos que lá estavam prestigiando a candidatura à reeleição do governador.

Na plateia, centenas de prefeitos paranaenses no jantar que teve como cardápio frango com polenta. Lá estavam Orlando Pessuti (MDB), Sergio Moro (União) e Paulo Martins (PL). Mas, como observou o blogpoiticamente, quem reinou foi Moro e não Paulo Martins, o candidato de Bolsonaro e Ratinho.

Mas parece que o discurso do ex-juiz, que arrancou aplausos do público por elogiar o governador, não agradou pai e filha. Quando Moro começou a falar, Ricardo e Maria Victória deixaram os salões do Madalosso, na capital paranaense.

Foi ele

Ministro Gilmar Mendes (Foto: Reprodução/Redes sociais)

O voto do ministro Gilmar Mendes, deu a maioria para manter a suspensão do pagamento do piso nacional da enfermagem. Embora o julgamento siga até esta sexta (16), a decisão está tomada. O placar está 6 a 3, e não pode mais ser revertido.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Cristina Esteche

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo