Cristina Esteche

Compromisso com o leitor

Início » Adão tenta impedir ‘trânsito em julgado’

Adão tenta impedir ‘trânsito em julgado’

Adão, vereador de Prudentópolis (Foto: Reprodução/Facebook)

A Justiça negou mais um recurso impetrado pelo vereador Adão Adão Kostecki Primo (Cidadania), de Prudentópolis. A 1ª Vice-Presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargadora Joeci Machado Camargo, rejeitou ‘embargos de declaração’. Conforme o texto, “o embargante a fim de combater os argumentos que negaram seguimento ao apelo interpôs equivocadamente Agravo em Recurso Extraordinário. Porém, a medida cabível para combater os argumentos da 1ª Vice-Presidência seria o Agravo Interno, previsto no art. 1.030, §2º, do Código de Processo Civil, razão pela qual o agravo não foi conhecido”.

Esta não é primeira vez que o vereador tentar reverter a decisão que o condenou a 17 anos de prisão, pelo assassinato de Vicente Cravelin, em 22 de novembro de 2009.  Ele também é acusado por tentar matar Marcio Candido nesse mesmo dia. Embora tenha sido preso, Adão entrou com vários recursos na tentativa de impedir que o caso transite em julgado. Quando isso ocorrer ele deve retornar à prisão e há extinção do mandato.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Cristina Esteche

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo