Cristina Esteche

Compromisso com o leitor

Início » Deltan Dallagnol vem a Guarapuava na próxima terça (19)

Deltan Dallagnol vem a Guarapuava na próxima terça (19)

Deltan Dallagnol e o combate à corrupção (Foto: Divulgação)

Fábio Oliveira e Deltan Dallagnol estarão em Guarapuava na próxima terça (19). Ambos concederão entrevista no estúdio do Portal RSN. Os dois protagonizam o Movimento 200 Mais. A organização busca eleger mais de 200 deputados e senadores comprometidos com a pauta anticorrupção. O ex-procurador da República é pré-candidato a deputado federal pelo ‘Podemos’. Já Fábio Oliveira é um dos fundadores do movimento ‘Mude, Chega de Corrupção’. Esse movimento gerou as ’10 Medidas Contra a Corrupção’.

Cesar Filho disse que está a mil

Cesar Silvestri Filho (Foto: Arquivo/RSN)

“A minha campanha está a mil”. Esta afirmação é do ex-prefeito de Guarapuava Cesar Silvestri Filho (PSDB). Ele disse que durante a semana cumpre agenda em Campo Largo. Lá ele filia o ex-prefeito e o pré-candidato a deputado federal, o Capitão Alves. Também dará entrevistas a jornais de Curitiba.

Traiano em Guarapuava

Ademar Traiano, presidente da Alep (Foto: Arquivo/RSN)

Quem aterrissa com força total em Guarapuava é o deputado estadual Ademar Traiano (PSD). Um dos principais apoiadores do Câncer Center, o presidente da Assembleia Legislativa organiza escritório  político na cidade.

Bolsonaro anuncia 5% aos servidores federais

(Foto: Arquivo/RSN)

Em reunião nesta quarta (13) , o presidente Jair Bolsonaro pediu à equipe econômica para elaborar a proposta de um aumento linear de 5% para os servidores públicos federais. De acordo com informações do ‘Metrópoles’, Bolsonaro deve anunciar a concessão do reajuste, que fica  abaixo da inflação, nos próximos dias.

Conforme o site, a decisão foi tomada numa reunião entre ministros do governo. O custo estimado pelo governo para a medida é de cerca de R$ 6 bilhões somente em 2022. Entretanto, o Orçamento da União para este ano, reserva apenas R$ 1,7 bilhão para o reajuste salarial dos servidores. Assim sendo, segundo observa o site, o governo vai ter que remanejar recursos de outras áreas para bancar a medida anunciada.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Cristina Esteche

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo