Cristina Esteche

Compromisso com o leitor

Início » Enfrentamos hienas, mas ‘domamos’ todas elas

Enfrentamos hienas, mas ‘domamos’ todas elas

Hiena feroz (Foto: Pixabay)

Costumo dizer que não enfrentamos leões, como diz o velho ditado popular para traduzir a luta do dia-a-dia. O que encaramos são muitas hienas, animal típico da Ásia e da África. É o animal mais temido da floresta africana. Para se ter uma ideia, possui uma mandíbula poderosa que lhe confere uma mordida capaz até mesmo de quebrar ossos.

Pois é. Faço essa comparação só para mostrar um pouco a nossa luta diária. E falo no plural porque aqui no Portal RSN cada um é complemento do outro. Somos uma equipe com muitas diferenças, com crenças e princípios diferentes. Mas um ponto temos em comum: o comprometimento com a qualidade do trabalho.

E agora passo a falar no singular para traduzir o ‘ser jornalista’, sob o meu ponto de vista. Quando comecei nessa, que é a minha paixão, a dificuldade era a falta de condições de trabalho. Todos sabem que a imprensa, os jornais de Guarapuava, sempre enfrentaram dificuldades. Mas entre abre um jornal e fecha o outro, sobrevivi.

Veio o começo da era da tecnologia e da inovação. E agora a batalha é contra a proliferação da desinformação. As notícias falsas e as ‘fake news’ estão aí. E para os desavisados, que são muitos até mesmo no nosso ramo, existe diferença, sim. Concordo que a democratização da imprensa é necessária, mas, olha, é preciso ter um mínimo de conhecimento, de preparo, de senso crítico, para ‘navegar’ por entre as várias nuances da comunicação.

Ou seja, o desafio de entregar um trabalho de qualidade persiste, assim como o desejo de contribuir para uma sociedade mais justa, democrática e consciente de deveres e direitos. E é por isso que – agora volto a falar no plural –  que nós buscamos estar melhorando sempre.

E nesse sentido, o Portal RSN amanheceu de cara nova, repaginado, mais dinâmico, mais leve. Foram dois anos de muita luta, enfrentando ataque de hackers -, desvalorização e tantas outras ‘intempéries’, entre rajadas, ventos fortes e trovão. Mas o fato é que o nosso tempo sempre abre e o Sol surge cada vez mais radiante. É assim que nos sentimos a cada vitória que conquistamos, em cada página que escrevemos, a cada hiena que domamos.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Cristina Esteche

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo