Cristina Esteche

Compromisso com o leitor

Início » Fábio Oliveira volta a pedir a renúncia de Traiano

Fábio Oliveira volta a pedir a renúncia de Traiano

O deputado Fabio Oliveira (Podemos), de Guarapuava, cobrou, mais uma vez, a renúncia de Ademar Traiano (PSD), da presidência da Mesa. Fabio fez uso da palavra na tribuna da Alep nessa terça (6). Ele defendeu a renúncia para que, segundo o deputado, a Alep não perca a credibilidade. Traiano é ‘réu confesso’ em recebimento de propina numa negociação com a TV Icaraí, envolvendo a quantia de R$ 100 mil. Mas Traiano não está sozinho nessa. O ex-deputado Plauto Miró também recebeu outros R$ 100 mil nessa transação. Ambos fizeram acordo com o Ministério Público e o caso não veio à tona por ter sido colocado em segredo de justiça. Quem deu visibilidade foi o deputado Renato Freitas (PT) que teve que se ‘virar nos 30’, após ter chamado o Presidente de “corrupto”. Essa afirmação lhe rendeu ação pedindo a cassação do mandato na Alep.

Fábio Oliveira, que se elegeu sob a bandeira de combate à corrupção, questionou o sigilo no processo. “O que tanto tem nesse processo que estamos sendo impedidos de ter acesso a ele”? Como já vendo sendo praxe desde que o caso ficou evidente, Traiano manteve-se em silêncio. Ele argumenta que o processo é sigiloso. No entanto, o deputado guarapuavano disse recentemente que não vai se calar. *Vídeo reproduzido do perfil do deputado no Instagram.

 

Cristina Esteche

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo