Cristina Esteche

Compromisso com o leitor

Início » Janaína ganha as bençãos de Celso Góes, é o que se diz por aí

Janaína ganha as bençãos de Celso Góes, é o que se diz por aí

Janaína com o prefeito Celso Góes e o diretor-técnico do Sebrae no Paraná, César Reinaldo Rissete (Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

É ‘voz corrente’ nos bastidores políticos de Guarapuava que o prefeito Celso Góes (CD) está ‘dando corda’ para Janaína Naumann (Republicanos). Adversária do prefeito nas últimas eleições municipais, a biomédica foi atraída por Celso e assumiu a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico. Portanto, passou a compor o primeiro escalão da administração pública. No entanto, desde que assumiu o cargo na minirreforma promovida pelo prefeito, ela tem ficado a maior parte do tempo entre viagens a Brasília, por causa da biomedicina.

Agora, por último, ela tem feito parcerias com o Sebrae em programas desse órgão. São projetos voltados ao empreendedorismo. Janaína também ‘pega carona’ em ações da Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig). Tudo em nome do desenvolvimento econômico do Município. No entanto, nos últimos dias, segundo comentários da ‘boca maldita’ local, Celso Góes a colocou debaixo dos braços, o que vem causando dúvidas nos ‘analistas de plantão’.

Uns apostam que ela está sendo ‘azeitada’ para ser a vice na chapa da reeleição de Celso Góes. Mas há aqueles que apostam alto, de que Janaína tem pretensões maiores. Ou seja, na última hora, pula for do barco e enfrenta o prefeito no pleito do ano vem.

Em conversa há tempo atrás com esta jornalista, o prefeito confessou que a proposta seria dela [Janaína] ‘correr atrás’ para viabilizar a candidatura na chapa encabeçada por Celso. Ou seja, o prefeito está usando a mesma tática de Cesar Filho quando ele [Celso] disputou a candidatura interna no grupo. Ele tinha no páreo o secretário de Agricultura Itacir Vezzaro, o ex-secretário Sandro Abdanur.

A estratégia de Cesar Filho foi soltar todos na ‘arena’ e quem viabilizasse seria o candidato. Celso Góes venceu. Por enquanto, Janaína corre sozinha nesse páreo. Mas ainda é cedo para qualquer prognóstico. Por enquanto, qualquer ação serve como ‘combustível’ para acelerar comentários nos bastidores, mas é bom ficar atento. Afinal, como se diz por aí, “onde há fumaça, há fogo”.

Cristina Esteche

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo