Cristina Esteche

Compromisso com o leitor

Início » Lula acena com o nome de Gonet para a Procuradoria Geral da República

Lula acena com o nome de Gonet para a Procuradoria Geral da República

Paulo Gonet (Foto: Cristina Esteche)

Notícias diretas de Brasília informam que o atual vice-procurador-geral Eleitoral, Paulo Gonet, deve ser mesmo indicado para assumir a Procuradoria Geral da República. Essa possibilidade, e que tem grandes chances, ocorreu durante conversa entre o Presidente Lula, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha. Ele deve assumir em outubro deste ano.

Gonet é jurista, professor e procurador. Membro do Ministério Público Federal desde 1987, é também subprocurador-geral da República. O nome dele vem sendo defendido também por ministros do STF. Gilmar Mendes, Alexandre de Moraes e Cristiano Zanin, além de alas do MP, avalizam o nome dele. Conheci Paulo Gonet durante uma palestra que proferiu na Assembleia Legislativa do Paraná, recentemente. Acompanhei a minha filha Luana, aluna dele no doutorado no Instituto Gilmar Mendes, em Brasília. Tive a oportunidade de entrevistá-lo. Solícito, atendendo todos os pedidos para fotos, autógrafos em livros e conversas, Paulo Gonet é uma autoridade de ‘fino trato’.

De acordo com o site ‘Jota’ de Brasília, no campo político, Gonet detém algumas características que Lula e conselheiros buscam para a Procuradoria-Geral da República. Cita entre estas, a discrição, a previsibilidade e a indisposição de fazer ‘revolução política’, como ele mesmo diz, “com a caneta ou com a gaveta”.

Gonet não tem agenda oculta, é linear, ‘deferente à política [expressa ou demonstra respeito e consideração]; mas cioso das funções institucionais do Ministério Público’. “A sua atuação nos últimos anos como vice-procurador-geral-eleitoral e os pareceres que proferiu ao longo de décadas de atuação no Supremo demonstram isso”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Cristina Esteche

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo