Cristina Esteche

Compromisso com o leitor

Início » Lula e Bolsonaro caem e Tebet sobe, aponta nova pesquisa

Lula e Bolsonaro caem e Tebet sobe, aponta nova pesquisa

Simone cresce

Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet (Foto: Miguel Schincariol/AFP)

Uma nova pesquisa de intenção de votos feita pela da FSB Comunicação para o banco BTG Pactual, mostra que Simone Tebet foi a única candidata a crescer. Divulgada nesta segunda (5) a candidata à sucessão de Bolsonaro na presidência subiu dois pontos percentuais. Agora são 6% das intenções de voto contra os 4% anteriores.

De acordo com a pesquisa, no último levantamento em 29 de agosto, Lula (PT) tinha 43% das intenções de voto, agora tem 42%. Candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL) contava com 36% e agora tem 34%. Ambas oscilações permanecem dentro da margem de erro da pesquisa. Ciro Gomes (PDT) também oscilou, caiu de 9% para 8% das intenções.

Foram entrevistadas duas mil pessoas entre sexta (2) e domingo (4). A margem de erro do levantamento é de 2 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no TSE, sob número BR-BR-01786/2022.

O inferno astral de Requião

(Foto: Reprodução/YouTube)

O candidato ao Governo do Paraná Roberto Requiã0 está vivendo um inferno astral. Mas a culpa é dele mesmo. Após ser multado por propagar ‘fake news’ contra Ratinho Junior (PSD), a Justiça Eleitoral determinou que propagandas dele sejam retiradas do horário eleitoral gratuito. Isso porque há irregularidades na linguagem de libras. A federação Brasil Esperança recebeu multa de R$ 120 mil.

A representação tem a autoria da coligação Pra Frente Paraná, do candidato à reeleição, Carlos Massa Ratinho Júnior (PSD). A decisão da juíza auxiliar Melissa de Azevedo Olivas foi proferida na manhã desta segunda (5). O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Paraná (APP-Sindicato) foi sentenciado pelo juiz auxiliar Roberto Aurichio Junior, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR).

Ele suspendeu a veiculação de propaganda eleitoral e a imediata retirada do site da entidade em favor de Luiz Inácio Lula da Silva e de Roberto Requião. Além do Twitter, Facebook e Instagram. Por ser pessoa jurídica, a APP-Sindicato não pode fazer propaganda eleitoral da forma que está postando. Por isso a Justiça Eleitoral determinou uma multa de R$ 5 mil por publicação não retirada do ar após notificação.

Calçadão ganha cores

A campanha política em Guarapuava está movimentando o Calçadão da XV de Novembro, principalmente, aos sábados pela manhã. E entrando nas últimas semanas antes das eleições em 2 de outubro, as definições começam a surgir. Entre outros e outras, a ‘tucana’ Cristina Silvestri que busca a reeleição à Assembleia, se soma à campanha de Josiel Lima (MDB). Bandeiras dos dois de juntaram na ação de sábado (3) no Calçadão.

Quem também estava lá, sempre acompanhado pela esposa e pela mãe, foi Samuel Ribas (União). Ele é candidato a deputado estadual e também tem parceria com Josiel Lima. Candidata a deputada federal, Rosângela Virmond (Cidadania) teve uma participação tímida, mas participou.

Assim como os demais, a vereadora Professora Terezinha e a militância do PT também desfraldaram as bandeiras numa das quadras do Calçadão. Não faltou uma equipe de adeptos do Presidente Jair Bolsonaro que marcou presença. Crianças e adultos ofereciam adesivos do presidente.

Políticos locais apoiam candidato de fora

(Foto: Reprodução/Redes Sociais)

A cada dia que passa nos deparamos com lançamentos de candidaturas. Em Guarapuava, por exemplo, houve a largada do deputado estadual Artagão Junior (PSD). Ele é candidato à reeleição. E quem também aterrissou por aqui para abocanhar votos dos guarapuavanos foi o federal Ricardo Barros.

Ele conta com o apoio dos servidores municipais Daniel Frahm e Halmuth Brandtner. Somando os compromissos com candidatos de outras plagas, podemos contar com a evasão de mais de 20 mil votos. Isso a julgar pelos compromissos assumidos por lideranças políticas.

Brasa no seu assado

(Foto: Reprodução/Youtube)

Na noite desse domingo (4) participei com outras três jornalistas paranaenses de entrevista (live) com o deputado federal Zeca Dirceu (PT). Uma das perguntas que fiz foi sobre o critério na hora de apresentar emendas. O deputado possui inserção em 200 municípios paranaenses, inclusive em Guarapuava.

E qual foi a resposta? Ele destina a maior fatia para a cidade dele. Depois ele avalia a votação que recebeu em cada município. Ou seja, se Guarapuava não eleger candidatos locais, vai continuar na fila à espera de ‘migalhas’ que sobram das fatias do bolo financeiro.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Cristina Esteche

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo