Cristina Esteche

Compromisso com o leitor

Início » Na política o normal é tudo junto e misturado

Na política o normal é tudo junto e misturado

Tudo se mistura (Foto: Reprodução/Pixabay)

A ideia de unir o PSDB, o Podemos e o Cidadania numa federação agradava grupos políticos de Guarapuava. Afinal, colocaria num mesmo grupo o que já existe de fato. Ou seja, o ‘tucanato’ do ex-prefeito Cesar Silvestri Filho com os comandados do prefeito Celso Góes (CD). O Podemos também faz parte dos dois grupos. Continuaria, oficialmente, tudo junto e misturado.

No entanto, a federação ‘mixou’ lá em Brasília e a promessa é que a negociação seja retomada. Mas somente após as eleições municipais de 2024. Por enquanto, a notícia que se tem é que o ‘Podemos’, que tem como estrela maior o vereador e secretário municipal de Educação, Pablo Almeida, o mais votado nas últimas eleições municipais, tende a federar com o PSC.

Conforme o que circula em Brasília, um dos motivos que emperrou a negociação não é diferente do que ocorre com as demais. Ou seja, a incompatibilidade que existe entre os partidos nos estados. No Paraná, por exemplo, é possível misturar água e óleo? Beto Richa e Deltan Dallagnol? Bem, só nos resta aguardar as cenas do próximo capítulo.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Cristina Esteche

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo