Cristina Esteche

Compromisso com o leitor

Início » Nem com vinda de Lula, campanha de Requião alavanca no Paraná

Nem com vinda de Lula, campanha de Requião alavanca no Paraná

(Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

Os últimos números de intenções de votos, mostram que a ‘maré’ está baixa para Requião. E nem mesmo a presença de Lula no Paraná conseguiu aumentar a onda. É que após se filiar ao PT, depois de tentar surfar em outros mares, a expectativa era que a militância petista pudesse dar sobrevida à candidatura. Mas deu ruim. A pesquisa divulgada nessa terça (5), pela IRG Pesquisa, foi um balde de água fria nas intenções do ‘velho Requião’.

Isso porque, nos dois cenários avaliados, o governador Ratinho Junior vence qualquer adversário em 1º turno. Com índices de intenção de voto de 53% e 57,3%, a vantagem do governador sobre Requião chega a incríveis 31,5% e 33,6%. Ao se comparar a pesquisa divulgada com outra feita pela Radar Inteligência em março, e também registrada no TSE, Ratinho Junior conseguiu outro feito. Ele ampliou ainda mais a vantagem sobre Requião em até 3,3%.

Portanto, de imediato, é possível afirmar que a visita de Lula ao Paraná não alterou a intenção de voto dos paranaenses. Por outro lado, a pesquisa reafirmou que os eleitores do Paraná permanecem convictos com a decisão de reeleger o governador Carlos Massa Ratinho Junior. Aliás, conforme o histórico, Requião já está acostumado com perdas nas urnas. Ele saiu derrotado em 2014, quando disputou o governo do Estado.

Além disso, perdeu também em 2018, quando tentou se reeleger ao Senado Federal. Numa eleição em que havia duas cadeiras em disputa, Requião amargou o terceiro lugar, perdendo para o estreante na política Oriovisto Guimarães e Flávio Arns. Em 2022, Requião pode ser protagonista de uma velha história.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Cristina Esteche

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo