Cristina Esteche

Compromisso com o leitor

Início » Novo projeto de Plauto é a Prefeitura de PG em 2024

Novo projeto de Plauto é a Prefeitura de PG em 2024

Plauto Miró (Foto: Sandro Nascimento/Alep)

Após encerrar o mandato como deputado estadual por não ter sido reeleito, Plauto Miró vai se dedicar a outro projeto. Ele está de olho nas eleições de 2024 em Ponta Grossa. Mas antes de tudo deve trocar de partido. Hoje ele está no União Brasil.

O presidente da Câmara em Guarapuava, Pedro Moraes começou a exonerar comissionados do ex-presidente João Napoleão. Trata-se de cargos de confiança que atuavam no gabinete da presidência. As três primeiras exonerações, conforme o Boletim Oficial, são: Nael de Oliveira (diretor de gestão administrativa), Elisangela Marquezine (coordenadora de gabinete da presidência) e Luis Antonio Siqueira Martins (coordenador de gabinete parlamentar).

Então tá!

Tudo indica que a administração do prefeito Celso Góes ganhou um slogan. Isso porque, nesta semana, em convites oficiais divulgados pela Secretaria de Comunicação surge a frase : “Guarapuava no caminho do progresso”.

Paraná é o segundo

Onibus em Brasília (Foto: Redes sociais)

Um levantamento inédito da Agência Pública mostra que o Paraná foi o segundo estado que mais ‘exportou’ ônibus com ‘bolsonaristas’ ao ataque em Brasília. Conforme a pesquisa são 23 veículos, perdendo apenas para São Paulo que lotou 31. Londrina foi a cidade paranaense que liderou o maior número de veículos: cinco. De Guarapuava, saiu um ônibus.

Os veículos estão sendo alvos de busca e apreensão por parte do Supremo Tribunal Federal (STF). Alguns dos manifestantes guarapuavanos postaram fotos e vídeos em redes sociais, gerando provas contra si mesmos. Isso porque a Polícia Federal está identificando os participantes dos ataques para as punições cabíveis.

Hospital Regional troca de mãos

Geraldo, Traiano e Beto Preto (Foto: Danilo Avanci/Sesa)

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, confirmou na segunda (9) a mudança na gestão do Hospital Regional do Sudoeste (HRS) em Francisco Beltrão. O novo diretor será Geraldo Gentil Biesek. Economista e gestor de saúde pública, Biesek foi chefe de gabinete da Sesa entre 2019 e 2020. Além de ser diretor-técnico de Saúde da Funeas entre 2020 e 2021. Integrou também o Ministério da Saúde do Brasil/Unesco, como Consultor para Desenvolvimento e Implantação de Projetos em Saúde Pública.

O HRS é referência em atendimento a gestante de alto risco e parto de risco intermediário, abrangendo a demanda de 27 municípios com uma média de 1,2 mil partos por ano. O hospital também recebe casos de politrauma e atendimento integral às pessoas em situação de violência sexual. A unidade conta com as especialidades de ortopedia, obstetrícia de risco intermediário e alto risco, cirurgia geral, oftalmologia, otorrinolaringologia, urologia, bucomaxilo, cirurgia pediátrica, cardiologia clínica, cirurgia vascular, intensivista neonatal e adulto, odontologia hospitalar, infectologia, radiologia, ultrassonografia obstétrica, broncoscopia, cardiopediatria, endoscopia e neurologia.

Intervenção aprovada

Senado Federal (Edilson Rodrigues/Agência Senado)

Em sessão extraordinária nesta terça (10), o Senado disse sim ao Projeto de Decreto Legislativo 1/2023. A matéria é resultado da intervenção federal (Decreto 11.377, de 2023) na área de segurança pública do Distrito Federal, assinada domingo (8) pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Aprovado em votação simbólica, o projeto vai a promulgação.

A intervenção federal foi decretada após a invasão e depredação dos edifícios-sede do Congresso Nacional, do Palácio do Planalto e do Supremo Tribunal Federal por vândalos. Somente no Senado, a estimativa é de prejuízos na ordem de R$ 4 milhões, segundo a Agência Senado.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Cristina Esteche

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo