Cristina Esteche

Compromisso com o leitor

Início » Sergio Moro vai acabar sendo candidato dele mesmo

Sergio Moro vai acabar sendo candidato dele mesmo

Sergio Moro: avulso (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Quando o ex-juiz Sergio Moro desembarcou no Brasil para se filiar ao Podemos e ser pré-candidato à presidência, parte do Brasil apostou. No entanto, no dia da filiação com ato em Brasília, um prefeito, amigo meu, estava lá. Disse que tinha recebido um convite insistente do ex-prefeito Cesar Filho, que até então presidia o Partido ‘capitaneado’ por Álvaro Dias. Momentos depois do pronunciamento de Moro, esse prefeito me disse: ‘nunca ouvi uma pessoa falar tão mal. Política zero’. E é ‘zero à esquerda’. Ops! melhor, à direita. Isso porque, a julgar pelos últimos acontecimentos, o ex-juiz mostrou que desse tema ela não entende nada.

Haja lambança nessa trajetória. De pré-candidato à  presidência migrou para o Senado. Do ‘Podemos’ foi para o União Brasil. E do Paraná quis concorrer ao Governo de São Paulo, embora morando em Curitiba. E por último até aceitando a possibilidade de desejar a Câmara Federal. Por fim, vai ter que voltar ao Paraná. E por aqui, vai ter coragem para enfrentar o governador Ratinho Junior (PSD) que surge como o preferido do eleitor em todas as pesquisas de opinião?

Ou será que vai encarar Álvaro Dias que o pegou pelas mãos e o colocou na política partidária? Hum! E pelas redes sociais ele, Moro, disse que recebeu com surpresa  a decisão do TRE de São Paulo na ação proposta pelo PT. “Nas ruas, sinto o apoio de gente que, como eu, orgulha-se do resultado da Lava Jato e não desistiu de lutar pelo Brasil. Anunciarei em breve meus próximos passos. Mas é certo que não desistirei do Brasil”.

Então, tá!  Por tudo isso, quero dizer ao prefeito em questão que ele é quem estava com a razão.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Cristina Esteche

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo