Cristina Esteche

Compromisso com o leitor

Início » ‘Tiro no pé’ de Doria pode ‘ricochetear’ em Guarapuava

‘Tiro no pé’ de Doria pode ‘ricochetear’ em Guarapuava

Cesar Filho com João Doria, Beto Richa e outras autoridades (Foto: Divulgação/PSDB)

A candidatura de João Doria à presidência da República está por um fio. Ele enfrenta oposição dentro do próprio partido. É que uma ala do PSDB, liderada pelos tucanos de ‘alta plumagem’ como Aécio Neves (MG) e Tasso Jereissati (Ceará) são desafetos de Doria. Se soma a eles, o senador José Aníbal, de São Paulo.

Mas para tentar conter essa derrocada, Doria janta na noite desta quinta (24), em São Paulo, com o líder medebista Baleia Rossi. Também senta-se à mesa a pré-candidata à presidência, Simone Tebet. E aí eu fico pensando. Se der errado essa pré-candidatura de Doria, haverá reflexos, principalmente, no Paraná e, consequentemente, em Guarapuava.

Isso porque o ex-prefeito César Silvestri Filho ancorou a pré-candidatura ao Governo do Estado em Doria. Afinal, dessa forma, havia a garantia do ex-governador ter palanque em solo paranaense. E tem mais um agravante: a entrada de Cesar Filho no ‘ninho tucano’ provocou a saída de muitas lideranças que optaram por outras agremiações partidárias. Por que? Muitos são apoiadores do governador Ratinho Junior, pré-candidato à reeleição.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Cristina Esteche

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo