Cristina Esteche

Compromisso com o leitor

Início » União Brasil quer neutralidade de Ratinho Jr em relação ao Senado

União Brasil quer neutralidade de Ratinho Jr em relação ao Senado

União Brasil tem como residente estadual o deputado Felipe Francischini (Foto: Divulgação)

O ‘União Brasil’ quer ampliar a representatividade no Congresso Nacional. De acordo com a coordenação, a meta é eleger até seis deputados federais e oito na Assembleia Legislativa do Paraná. Para isso, o partido amplia o leque de atuação e aterrissa também em Guarapuava. Embora tenha o vice-prefeito Samuel Ribas Abreu como pré-candidato, Fernando Francischini também quer votos daqui para a esposa Flavia. Para isso, estreita conversa com um pré-candidato a deputado federal. Diz que o escolheu por ser este o mais forte na cidade. E veio pessoalmente para a conversa.Além disso, o filho, que é deputado federal e presidente da agremiação política, antecipou a convenção estadual para este sábado (31). E ‘fechou’ apoio ao governador Ratinho Junior (PSD), mas pediu que este se mantenha neutro em relação ao Senado Federal. O União ‘bate o martelo’ no nome do ex-juiz Sergio Moro.

Campanha de Samuel sofre baixa

Ricardo Barros e Elizeu (Foto: Arquivo pessoal)

Desavenças internas marcam a campanha do vice-prefeito de Guarapuava, Samuel Ribas Abreu. Ele é pré-candidato a deputado estadual. De acordo com Elizeu João da Silva ele deixa o grupo e assegurou a este blog que a saída é irreversível. Elizeu é dos mentores da vida política de Samuel. Ele informou também que pretende coordenar a campanha de Ricardo Barros em Guarapuava e Região.

PT vai de ‘chapa pura’

Embora o ex-governador Roberto Requião tenha anunciado Hermas Brandão como vice na chapa majoritária do PT, o partido optou por ‘chapa pura’ . A estrela do ex-diretor-presidente da Itaipu, Jorge Samek, brilhou mais forte e ele foi o escolhido.

João desiste de pré-candidatura

Roberto Requião e João Nieckars (Foto: Eduardo Matysiak)

O advogado João Nieckars, hoje no PT, anunciou que desistiu de concorrer nas eleições deste ano. Ele vai ‘engrossar’ a coordenação de campanha de Roberto Requião, do qual é fiel seguidor. Nieckars chegou a anunciar uma pré-candidatura a deputado federal quando ainda estava no MDB, mas voltou atrás. É que no PT a vereadora Professora Terezinha Daiprai já tinha confirmado o desejo de voar mais alto. Ela tem o apoio do médio Dr. Antenor que, mais uma vez, pleiteia uma das 54 cadeiras da Assembleia Legislativa. Portanto, não sobrou espaço para o advogado.

Há controvérsias

O ‘União Brasil’ não é um dos principais partidos da base aliada ao presidente Bolsonaro? Francischini, o pai, não perdeu o mandato por divulgar ‘fake news’ a favor do presidente? Sergio Moro não se tornou ‘persona non grata’ nas hostes bolsonaristas?

Leia outras notícias no Portal RSN.

Cristina Esteche

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo